unnamed
fachada_oficial
top2
Faça seu Agendamento!

CÓRNEA E CERATOCONE

CÓRNEA E CERATOCONE

O Ceratocone é uma doença degenerativa de fundo genético que atinge uma a cada de duas mil pessoas, especialmente jovens. É mais frequente em pacientes que apresentam alergia ocular e o hábito de coçar os olhos.

Ela é caracterizada por um aumento da curvatura da cornea causando uma irregularidade em forma de cone na córnea, a principal lente do nosso olho. Isto leva a um aumento significativo da miopia e astigmatismo.

Uma avaliação cuidadosa, aliada a exames de imagem como o Pentacam, permitem ao oftalmologista precisar o grau do Ceratocone, sua probabilidade de evolução e, assim, a tomada de medidas que visem a melhor correção para cada caso em particular.

Os casos mais iniciais podem ser tratados apenas com óculos e lentes de contato convencionais. Casos mais avançados podem necessitar de lentes de contato especiais (Lente Esclera, lentes semi esclerais e de desenho personalizado).

AInda para casos mais avançados, ou aqueles que não se adaptam às lentes de contato, existe ainda a opção do Implante de Anel Intra Estromal com LASER DE FEMTOSEGUNDO (Anel de Ferrara ou Keraring),

Uma minoria dos pacientes podem ter indicação para o Transplante de Córnea, que também pode ser realizado utilizando-se o LASER DE FEMTOSEGUNDO para maior segurança e recuperação mais rápida. O Transplante a Laser pode ser do tipo penetrante ou do tipo menos invasivo – o Transplante Lamelar (DALK – Deep Anterior Lamellar Keratoplasty), que promove uma recuperação visual mais rápida e com menores índices de rejeição.

Uma ferramenta formidável para o controle do Ceratocone é o CROSSLINKING do Colágeno. Esta aplicação tem como finalidade paralisar a evolução do ceratocone, evitando assim a progressão da doença para as fases mais avançadas. da doença. O Crosslinking consiste na aplicação de Riboflavina (Vit B2) na córnea, seguida de aplicação de Raios UV de determinada potência controlada, o que aumenta a rigidez da córnea evitando, assim, sua deformação.
Atualmente, os aparelhos mais avançados (como o crosslinking suiço AVEDRO) dispõe da Técnica Acelerada ( Fast Crosslinking) e a Técnica Trans-epitelial (Epi-on Technique) tornando o procedimento rápido, seguro e indolor.

São avanços que o pioneirismo do Instituto da Visão traz ao nosso estado, proporcionando mais conforto, tranquilidade e segurança aos nossos pacientes.

OUTRAS DOENÇAS DA CÓRNEA

Distrofia de Fuchs e Ceratopatia Bolhosa

São situações em que a córnea perde a transparência devido a alteração numa das camadas mais sensíveis da Córnea, o endotélio.

Nestas situações em que há indicação da realização do Transplante de Córnea, este pode ser feito com as técnicas lamelares (DSAEK e DMEK), que apresentam recuperação visual muito mais rápida que o transplante convencional.

Confira em: http://www.ceratos.com.br/

Uma resposta para “CÓRNEA E CERATOCONE”

  1. Administrador disse:

    Muito interessante esta matéria.

Deixe uma resposta