Comunicado Preventivo Covid-19

AOS NOSSOS PACIENTES

Nós, do Instituto da Visão, temos um grande compromisso com sua segurança e também com sua condição visual.

Diante da possibilidade de epidemia do coronavirus em nosso estado, e com atenção especial a pacientes de faixa etária acima de 60 anos, estamos trazendo algumas orientações que visam a segurança individual, a segurança dos demais pacientes, do corpo clínico e de todos os colaboradores da nossa instituição.

Estamos também comprometidos também em colaborar com as nossas agências sanitárias para que esta epidemia traga as menores consequências possíveis a nossa população.

Caso não haja urgência ou prioridade em manter o tratamento em curso, ele será adiado.

PACIENTES EM QUALQUER FAIXA ETÁRIA E COM SINTOMAS

  • Se você apresentar febre e sintomas gripais, vamos adiar sua consulta ou procedimento.

  • Se você tem idade acima de 60 anos e fizer parte do grupo mais vulnerável ao coronavírus, como por exemplo, presença de diabetes, em tratamento imunossupressor ou caso você seja portador de doença pulmonar, sua vinda até o Instituto da Visão será cuidadosamente avaliada.

  • Caso você realmente necessite de uma avaliação ou procedimento, será atendido em um horário especial, numa sala preparada e com profissionais devidamente paramentados para seu atendimento.

  • Pacientes que necessitam rigor em seu tratamento e que adiar o tratamento pode levar a consequências irreversíveis em sua visão serão discutidos um a um com seu médico assistente e a solução mais segura será definida com você e seus familiares.

ORIENTAÇÕES PARA CONSULTAS E EXAMES 

1 – Não traga acompanhantes se não for realmente necessário. Caso necessite de acompanhante, traga somente uma pessoa.

 

2 –  As salas de espera serão mantidas o mais arejadas possível.

 

3 – Pacientes do grupo de risco para coronavírus que necessitam apenas de uma avaliação anual de rotina devem adiar sua consulta.

 

4 – Pacientes em tratamento, em especial casos que necessitem de seguimento e controle rigoroso – glaucoma, degeneração macular e retinopatia diabética, serão avaliados caso a caso pelo médico assistente.

 

5 – Pacientes que apresentem febre e sintomas gripais não devem comparecer para consulta ou realização de procedimentos.

 

6 – Pacientes com suspeita de conjuntivite e aqueles que viajaram para lugares onde já esteja ocorrendo surto, devem esperar 14 dias para virem ao instituto da visão.

 

7 – Nossas salas de espera, assim como todas as áreas de trânsito de pacientes, além da higiene habitual serão desinfetadas dentro de horários pré-determinados, seguindo recomendação das entidades de saúde.

 

8 – Além da higiene habitual, entre as consultas todos os aparelhos médicos e mobiliário serão desinfetados com álcool.

 

9 – As consultas serão mais breves e objetivas.

 

10 – Se você estiver gripado, com febre, ter tido contato com áreas de surto ou com um doente com coronavírus em menos de 14 dias e necessitar de atendimento oftalmológico que não pode ser adiado, você será atendido em horário especial e uma sala preparada especialmente adaptada para seu quadro, segundo as orientações das entidades sanitárias.

 

11 – Sabemos que este quadro é dinâmico e pode mudar a qualquer momento. Seguiremos as determinações da nossa secretaria municipal de saúde e estadual e do ministério da saúde e manteremos você informado.

 

12 – Aumentamos nossos canais de atendimento para melhor atender você.

 

13 – Em caso de dúvidas, ligue e fale o nome do seu médico. Você receberá em 24 horas uma orientação detalhada sobre o seu caso.

 

14 – Conte com a gente para cuidar da sua saúde.

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE O COVID-19

1 – Sintomas como febre e tosse e falta de ar podem aparecer de 2 a 14 dias após a exposição ao coronavirus.

 

2 – Quando uma pessoa tosse ou fala, partículas de vírus podem ser pulverizada da boca ou nariz de uma pessoa para o rosto de outra pessoa.

 

3 – Elas podem entrar pela boca, nariz e também pelos olhos.

 

4 – As lágrimas também são fonte de contaminação, por isto devemos ter uma atenção especial a este tipo de contato nos consultórios médicos.

 

5 – Se você usa lentes de contato mude para o uso de óculos por um tempo. Quem usa lentes de contato toca os olhos com mais frequência e o uso de óculos pode adicionar uma camada extra de proteção.

 

6 – Além de tocar nariz e boca, evite coçar os olhos.

 

7 – Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos

 

Fonte: Academia Americana de Oftalmologia