Olho Seco

FOTO-APARELHO-OLHO-SECO-SITE

Olho Seco tem tratamento

EYE IRPL – O primeiro Tratamento a Luz Pulsada para Olho Seco

 

A Síndrome do Olho Seco atinge milhões de pessoas em todo o Brasil e está entre as principais razões para visitas ao oftalmologista.

Esta é uma síndrome crônica e muito frequente, causada baixa produção ou excessiva evaporação da lágrima, mas que já pode ser tratada por meio da nova tecnologia de luz pulsada regulada de alta intensidade do sistema E-Eye IRPL.

Como funciona o tratamento?

Fique livre do desconforto causado pelo Olho Seco

O E-Eye IRPL é o primeiro e único dispositivo de luz pulsada regulada de alta intensidade no mundo especificamente projetado para o tratamento da Síndrome do Olho Seco. Em apenas três aplicações já é possível um longo período sem sintomas.

Aplicação Totalmente indolor.

 

— A Solução de longa duração para Olho Seco: 18 a 36 meses.

 

— Cada sessão dura entre 5 a 10 minutos.

 

— Melhora na qualidade da lágrima na primeira sessão.

 

— Efeito cumulativo: quanto mais sessões, mais duradouro o resultado.

— Melhora o conforto e adaptação para o uso de lentes de contato.

 

— Permite que você use computadores e smartphones por mais tempo sem os sintomas do Olho Seco.

 

— Reduz a vermelhidão dos olhos e a necessidade de colírios ou lubrificantes.

IRPL

Luz pulsada aplicada estimula a produção da lágrima.

Tratamento-44

Diminua o desconforto causado pelo Olho Seco

 

A síndrome do olho seco ocorre pela produção e/ou qualidade deficiente de lágrimas, provocando o ressecamento da superfície do olho, da córnea e da conjuntiva.

 

Em cada sessão, minimamente invasivas, indolor e inofensivas para os olhos do paciente, são aplicados quatro flashes na pálpebra inferior e um na temporal, da extremidade interna para externa, usando a potência específica de acordo com a escala de fototipos de pele.

 

A luz pulsada regulada de alta intensidade do sistema E-Eye IRPL, é um pulso de luz aplicado nas proximidades das pálpebras que estimula as terminações nervosas das glândulas de Meibomius, favorecendo um aporte maior e melhor da secreção lipídica.